O INTERESSE POR TRÁS DA AJUDA HUMANITÁRIA

Após uma tragédia como a que aconteceu no Chile, surgem países e ONGs com campanhas gigantescas na mídia pedindo ajuda e enviando profissionais de todos os tipos e conhecimentos para ajudar na reconstrução destas regiões afetadas, onde a população e os dirigentes se encontram perdidos e à mercê dos espertalhçoes. Só que no rescaldo de toda a crise, começam a surgir hotéis, balneários, indústrias e lanchonetes famosas, enfim toda uma estrutura turística ou industrial financiada por empresários dos países doadores que literalmente cobram com juros estas doações e de certa forma invadem áreas produtivas e usam as vítimas que escaparam de uma tragédia e vão cair no subemprego e na exploração, que vai corromper as autoridades e manter o seu país em situação de subserviência destes empresários e de todo tipo de interesses criminosos como tráfico de crianças ou mesmo de adultos que terão que se sujeitar à uma vida degradante e até à prostituição para sobreviver. Sem contar que essas ONGs internacionais ao receberem doações em dinheiro cobram uma percentagem para fazer este repasse. Muitos processos estão correndo contra ONGs que estão lucrando com essas tragédias. Quer dizer a desgraça de uns, traz lucro para outros.
Aqui no Brasil, temos diversos programas de TV que fazem todos os anos, arrecadação para crianças, deficientes ou para doentes de câncer. Será que são todos altruístas e desinteressados?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS MOVIMENTOS SOCIAIS PERDEM FORÇA COM O NOVO CONGRESSO

PRECONCEITO NÃO É COISA MODERNA