Afinal, a que país São Paulo pertence?

Desde muito tempo atrás, percebemos que a elite paulista, notadamente representada pela maioria da imprensa daquele estado, se curva ao poder americano. Quantas vezes vimos a admiração de estudantes pelos ícones americanos, pelo presidente Bush e agora volta e meia, mostram arroubo pela peripécias de Barack Obama. Causou surpresa neste domingo,uma faixa no Maracanã, foi colocada, sabidamente por algum pau-mandado de políticos paulistas com os dizeres exdrúxulos "Se o Corínthians é do Lula, o Flamengo é de Obama". Tudo porque a Bandeirantes fez uma reportagem com o nosso presidente falando sobre o Corínthians! Obama não acompanha o nosso futebol, certamente nem deve conhecer Flamengo e mau sabe onde qual a capital do Brasil.
Agora, quando ele fala que o Lula é o cara, ou o New York Times, publica uma lista das personalidades mais influentes onde nosso presidente vem em primeiro lugar, o mundo se acaba! Não interessa de que lado da política nós estamos. O que interessa é o nome do Brasil e de um brasileiro, que antes era considerado "analfabeto e sem preparo e que iria certamente passar vergonha na ONU", e agora é aplaudido internacionalmente. O Barack Obama, era desconhecido há alguns anos atrás e agora até recebeu o Premio Nobel, sem ter feito nada para merecer. Mas é americano e vale tudo para eles. Para o Brasil, nada!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS MOVIMENTOS SOCIAIS PERDEM FORÇA COM O NOVO CONGRESSO

PRECONCEITO NÃO É COISA MODERNA