terça-feira, 13 de julho de 2010

O ILUMINISMO MODERNO

O ILUMINISMO MODERNO

Está se tornando necessária uma revolução no comportamento humano, não só a nível nacional, mas internacional.
Relembrando o advento da Revolução Francesa, dá para se perceber alguns aspectos que desencadearam aquela transformação na sociedade do século XVIII.
Principalmente no tocante a falta de personalidade do cidadão dito civilizado que começa a se ver promovido a maior inimigo da própria sociedade.
Diversos acontecimentos recentes nos fazem temer um colapso social, devido ao alto consumo de drogas, de álcool adicionado à descrença dos cidadãos na justiça, nas autoridades constituídas e na imprensa.
Reportei-me a Revolução Francesa, porque naquela época, eram as elites que diziam o que o povo devia pensar ou fazer. A maioria da população aceitava sem reagir, o que os aristocratas, o clero e a imprensa fazia ou dizia. E como sabemos, nestas situações, sempre existem os que se aproximam do povo nas horas certas para usufruir de benesses para si próprio.
Nos dias de hoje, apesar das novas tecnologias ao nosso alcance, percebemos que a maioria da população deixa para os outros a preocupação pelas atitudes e ações que podem melhorar ou resolver nossos problemas, por mais pessoais e íntimos que sejam.
Não faltam programas de televisão, que estendem seus tentáculos nos consultórios e lojas através de revistas ou nos celulares que cercam o cidadão desavisado e acomodado, recebendo o bombardeio diário de opiniões e costumes que nem sempre agradam ou fazem parte da personalidade da pessoa, mas que quando se dá conta está envolvido e se comportando como os demais.
É um tipo de música igual, sempre os mesmos cantores, os mesmos ídolos, e as mesmas informações nos cercando por todos os lados.
Se alguém, consegue se afastar da mídia escrita, falada e televisada, perceberá o caos mental de nossa sociedade – não me refiro apenas a sociedade brasileira, mas de todo o mundo.
A desinformação ou a má formação de nossos professores e acadêmicos mais jovens é responsável pelo nascimento de uma sociedade mal-educada, sem memória e preguiçosa.
Os fatos mais importantes do passado, estão sendo esquecidos e já se percebe que a margem dos fatos se resume a 30 anos atrás, se muito.
A própria Copa do Mundo recém-encerrada nos trouxe esta certeza.
Em diversos debates ou em conversas com colegas e mesmo nos comentários de TV e no rádio(em menor índice), a falta de memória era marcante. A massificação dos assuntos rondava sempre em torno de um ou outro personagem que era explorado até o esgotamento da nossa paciência. Ora, era o Maradona, Nelson Mandela, ou Jabulane e Larissa Riquelme.Tem muita gente que nem sabe se África é um país, uma cidade ou um continente. Aqui, no Brasil, acontece há vários anos esse mesmo fenômeno. Num país de tantas mulheres bonitas, tantos cantores importantes, a Mídia só conhece Ivete Sangalo ou Cláudia Leite. Na televisão os “famosos” são pessoas que não acrescentam nada à nossa cultura e nem podem servir de exemplo ao jovens: os tais “ex-BBBs” que trazem em seus currículos, fotos nudistas, fuxicos, traíções e outras banalidades.
Está passando da hora de começarmos a nos respeitar mais, ter opinião própria e começar a conduzir nossa vida de modo mais honesto e em conformidade com a natureza. Chega de notícias de assassinatos de pai pelo filho, estupros de crianças pelos próprios pais, crianças apresentando programas e comerciais. Juízes corruptos e políticos ladrões sendo eleitos por força da inépcia da justiça e da ignorância dos eleitores.

Nenhum comentário:

ESTAMOS A CAMINHO DA DEVASTAÇÃO DO PLANETA?

Viajando pelas estradas da Bahia e Minas Gerais, no fim de julho último, passei horas ao lado de minha garota Luci, curtindo belas e verdes ...