VOCE É A FAVOR DA PENA DE MORTE?

Existem coisas que a natureza mostra para a sociedade civilizada, como agir em alguns casos especiais. A diferença entre nós e os demais seres vivos, segundo nos foi ensinado desde a infância, é que somos dotados de inteligência superior. Faço essa introdução para apoiar uma teoria que gostaria de apresentar: Quem mata outro ser humano, sem um motivo racional, razoável, na minha humilde opinião estaria renunciando ao seu direito de ser humano, portanto não poderia estar coberto pela defesa e os direitos de um ser humano civilizado, emancipado e criado desde pequeno dentro destes conceitos de respeito ao próximo e às leis da sociedade onde ele vive. Portanto, nada me faz crer, principalmente nos dias de hoje, que essa pessoa vá se recuperar. Eu fiz menção a natureza, porque segundo a nossa ciência, um animal carnívoro que experimenta a carne de um homem, pode gostar e no seu instinto, considerar que nada o impede de repetir essa refeição desde que esteja com fome. Ora, hoje temos provas diárias de pessoas com várias passagens pelas cadeias e penitenciárias e ainda recebem indulto do estado, que os mantém com os nossos impostos, gordos e sadios, com direito a segurança, justiça e alimento; tudo o que um cidadão honesto e trabalhador não tem. Quem mata uma vez, sem motivo relevante, se é que existe este motivo, se não for punido severamente, certamente cometerá esse crime novamente por qualquer bobagem. Por outro lado, quem somos e quem são os juízes que fariam o julgamento? Quem atirem a primeira pedra (os juízes e políticos desse nosso país)

Comentários

Roberval Modesto disse…
Fiz essa postagem há um ano e nada mudou!

Postagens mais visitadas deste blog

OS MOVIMENTOS SOCIAIS PERDEM FORÇA COM O NOVO CONGRESSO

PRECONCEITO NÃO É COISA MODERNA